top of page
  • Foto do escritorRochelle Affonso Marquetto

Os efeitos surpreendentes que a ansiedade pode causar no corpo


Efeitos Surpreendentes que Ansiedade pode causar no Corpo

Você está preocupado com os sintomas que a ansiedade pode causar no corpo?


A ansiedade não é apenas um fenômeno psicológico; várias pessoas sentem seus efeitos fisicamente de maneiras inesperadas.


Neste artigo, queremos aprofundar nos sintomas e problemas que a ansiedade pode causar na sua vida com base nas informações mais recentes e relevantes sobre o tema.



O que é ansiedade?


Embora a ansiedade seja reflexo de uma reação temporária e normal do organismo, quando frequente se transforma em um transtorno. Os últimos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que aproximadamente 9,3% dos brasileiros sofrem de ansiedade patológica.




O que a ansiedade pode causar no corpo? Tipos de ansiedade e sintomas físicos


Um grupo de cientistas na Itália fez um estudo em 2023 para entender melhor a ansiedade e como ela afeta nosso cérebro. Eles estavam interessados em dois tipos de ansiedade. O primeiro é o que chamamos de "estado de ansiedade", que é quando ficamos ansiosos por causa de situações estressantes. O segundo é o "traço de ansiedade", que é quando uma pessoa é naturalmente mais ansiosa o tempo todo.


Ambos os tipos de ansiedade podem causar problemas físicos. A ansiedade do "estado", que surge em momentos de estresse, traz sintomas como batimento cardíaco acelerado, suor, tontura e desconforto estomacal. Normalmente, são sintomas que desaparecem quando o estresse acaba.


Por outro lado, a ansiedade do "traço", que é uma característica permanente em algumas pessoas, pode levar a problemas físicos de longo prazo, como tensão constante nos músculos, problemas para dormir, cansaço e dores de cabeça.


A seguir, vamos falar sobre os diferentes 6 sintomas físicos que a o transtorno de ansiedade pode desencadear no seu corpo.



1 - Ansiedade e problemas gastrointestinais


O transtorno de ansiedade atinge o funcionamento regular do organismo de várias formas, em especial o sistema gastrointestinal. É muito comum que pacientes com crise de ansiedade também apresentem:


  • Dores de estômago;

  • Náusea;

  • Diarreia;

  • Constipação;

  • Enjoo;

  • Vômitos;

  • Estufamento;

  • Azia; dentre outros desconfortos que já se tornaram sintomas corriqueiros.



2 - Ansiedade e dores musculares


Mas não para por aí. A ansiedade também está frequentemente associada às dores musculares. O nosso corpo, sempre esperto, reage à ansiedade contraindo os músculos, como uma forma de se preparar para enfrentar o que ele percebe como uma ameaça.


Agora, imagine se essa ansiedade decide ficar por mais tempo, tornando-se crônica. O resultado? Dor muscular que não dá trégua, o que pode nos fazer recorrer com frequência a medicamentos para relaxar os músculos



3 - Ansiedade e cansaço físico


Você já sentiu que está sempre em modo de alerta? Pois é, essa tensão contínua acaba consumindo nossas energias e dificulta que nosso corpo alcance os recursos necessários para funcionar direitinho.


A consequência disso é a sensação de cansaço que parece não ter fim e que pode aparecer a qualquer momento do dia. E não importa se você fez exercícios ou não, essa fadiga torna até as tarefas mais simples um verdadeiro pesadelo.



4 - Ansiedade e dores de cabeça


Agora, vamos falar sobre outro efeito da ansiedade no corpo: as terríveis dores de cabeça. Geralmente, elas são provocadas por mudanças nos níveis de serotonina, um importante neurotransmissor do nosso cérebro.


Além disso, o chamado bruxismo de vigília também pode ser o culpado. Mas o que é isso? Nada mais que a mania de apertar ou ranger dos dentes, tanto durante o sono quanto ao longo do dia. Acredite ou não, a ansiedade pode ser uma das causas por trás disso.



5 - Ansiedade e problemas respiratórios


Outro efeito da ansiedade é a dificuldade de respiração. Pode parecer que você está sufocando ou respirando muito rápido, o que é conhecido como hiperventilação.

Além disso, a ansiedade pode gerar sensação de formigamento, tontura ou até mesmo pressão no peito, enquanto a respiração se torna rápida e superficial. Uma experiência nada confortável!



6 - Ansiedade e problemas de pressão


A ansiedade ainda pode provocar o aumento repentino da pressão sanguínea. Portanto, se você está sempre ansioso, é possível que tenha tonturas constantes e acabe enfrentando um problema chamado de “labirintite emocional”.


Causada por problemas como o estresse e a ansiedade, a labirintite emocional resulta da inflamação dos nervos do ouvido ou labirinto, estrutura presente no ouvido e responsável pela perda de equilíbrio. O aumento da pressão pode intensificar esses sintomas.



Prevenção e tratamento da ansiedade


Existem várias estratégias que podem potencializar o relaxamento e a sensação de bem-estar, minimizando os sintomas da ansiedade:


  • Pratique atividades físicas: corrida, caminhada, musculação, ciclismo e dança são atividades que podem auxiliar o corpo a liberar substâncias benéficas para o seu bem-estar.

  • Mantenha o sono regulado: um sono de qualidade é vital para manter a disposição e o bom funcionamento do organismo.

  • Adote práticas de yoga e meditação: ambas as atividades são conhecidas por proporcionar benefícios significativos para a saúde mental.

  • Respire calmamente em momentos de tensão: caso perceba sintomas de ansiedade, pause e respire devagar por cerca de cinco minutos. Isso pode ajudar a regular os batimentos cardíacos e a aliviar a tensão.

  • Alimente-se bem: a inclusão de alimentos ricos em triptofano, como banana e chocolate, na dieta é benéfica, pois este aminoácido é um precursor da serotonina, melhorando o humor e proporcionando relaxamento.


É sempre importante lembrar que a orientação de um profissional de saúde é indispensável para o tratamento eficaz do transtorno de ansiedade e seus sintomas.



Considerações Finais


Muitas pessoas confundem os efeitos da ansiedade no corpo com sintomas de patologias físicas. Por isso, é importante descartar a possibilidade de doenças físicas estarem por trás dos sintomas. Se nenhuma alteração física for encontrada, é provável que a causa seja emocional​.


Felizmente, os desconfortos físicos causados pela ansiedade podem ser minimizados e até desaparecerem por completo mediante tratamento adequado. A terapia traz uma série de benefícios para pessoas ansiosas, como a identificação e administração dos sintomas ansiosos, redução do estresse e preocupação, aquisição de hábitos saudáveis e enfrentamento de medos.


Agora que chegamos ao final do artigo, aproveite e siga a Pontual Psiquiatria nas redes sociais para não perder nenhum conteúdo.


106 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page