top of page
  • Foto do escritorRochelle Affonso Marquetto

A Importância da Terapia Infantil no Desenvolvimento Saudável de Crianças


capa terapia infantil

O riso de uma criança costuma iluminar qualquer espaço, mas, por trás dessa alegria aparente, pode existir um universo de problemas emocionais e psicológicos.


Nesse sentido, a terapia infantil aparece como recurso importante para ajudar crianças a enfrentarem essas questões, auxiliando-as através de um processo de autoconhecimento e fortalecimento.


Neste artigo, vamos tratar das sutilezas da terapia infantil e descobrir o que a torna tão fundamental no desenvolvimento saudável dos pequenos.


Por que a terapia infantil é tão necessária?


Quando pensamos em terapia, muitos de nós imediatamente associamos a imagem de um divã e adultos discutindo suas vidas.


No entanto, a terapia infantil vai além desse estereótipo.


Ela é uma metodologia especializada, moldada para atender às necessidades únicas das nossas crianças.


Terapia infantil e a linguagem emocional das crianças


Diferente dos adultos, as crianças não possuem a habilidade plena de expressar seus sentimentos e emoções verbalmente.


Elas se comunicam por meio de comportamentos, brincadeiras e linguagem corporal.

A terapia infantil, portanto, utiliza métodos lúdicos – como jogos, desenhos e histórias – para ajudar a criança a expressar e entender suas emoções.


Terapia infantil no desenvolvimento cognitivo e emocional


As pressões da sociedade moderna, as dificuldades na escola e até os problemas familiares costumam impactar na saúde mental das crianças.


Dessa forma, a terapia infantil ajuda a resolver conflitos e traumas específicos, além de equipar a criança para resolver futuros desafios.


Ao fornecer um ambiente seguro e de apoio, a terapia incentiva o desenvolvimento da capacidade de resolução de problemas, empatia e autoestima.


Identificando os Sinais: Quando é o momento certo para buscar a terapia infantil?


É natural que as crianças passem por altos e baixos enquanto crescem.


Mas quando certos comportamentos ou emoções tornam-se persistentes e interferem na vida diária, é hora de considerar a ajuda profissional.


Sinais comportamentais e emocionais


Mudanças drásticas no comportamento, como reclusão, agressividade ou medos excessivos, são indicativos de problemas emocionais.


Outros sinais incluem mudanças no padrão de sono, perda de apetite, queda no desempenho escolar e regressão a comportamentos infantis anteriores.

São exemplos comuns de regressão:

  • Enurese noturna: Mesmo que a criança já tenha sido treinada para usar o banheiro, ela pode voltar a fazer xixi na cama durante a noite em resposta ao estresse.


  • Chupar o dedo: Uma criança que já havia abandonado o hábito de chupar o dedo pode retomar esse comportamento quando se sente insegura ou ansiosa.


  • Apegar-se a objetos de conforto: Mesmo que uma criança tenha deixado de lado seu cobertor ou bichinho de pelúcia preferido, ela pode voltar a se apegar a eles em momentos de ansiedade.


  • Falar como um bebê: A criança pode começar a usar uma voz infantilizada ou palavras e frases que usava quando era mais jovem.


  • Birras frequentes: Mesmo que a criança tenha aprendido a expressar suas frustrações de maneira mais madura, ela pode começar a fazer birras ou ter explosões emocionais como fazia quando era mais nova.


Se seu filho demonstrar estes sinais com frequência ou intensidade, é indicativo de possíveis conflitos emocionais.

Procure ajuda profissional, pois a terapia infantil pode ser muito benéfica.


Situações de vida que podem desencadear a necessidade de terapia


Acontecimentos traumáticos, como divórcio dos pais, perda de um ente querido ou bullying na escola, têm potencial para deixar cicatrizes profundas nas crianças.


É essencial entender que elas processam traumas e situações estressantes de maneira diferente dos adultos.


O Processamento do Trauma na Infância: Diferenças e Desafios


Enquanto um adulto pode se abrir e discutir seus sentimentos, uma criança muitas vezes não possui o vocabulário ou a compreensão emocional adequada para expressá-los.


Elas podem se sentir confusas, culpadas ou até mesmo responsáveis por eventos que estão além de seu controle.


Sem orientação e apoio adequados, esses sentimentos têm chance de se agravar à medida que a criança cresce.


Nestes cenários, a terapia infantil torna-se indispensável para ajudá-las a processar seus sentimentos e encontrar maneiras saudáveis de passar por eles.


A Terapia Infantil através de Diferentes Especialidades


Em muitos casos, a terapia infantil vai além da simples interação entre o terapeuta e a criança.


Trata-se de um processo que envolve múltiplas especialidades e considera a criança em sua totalidade.


Participação dos Pais e Cuidadores na Terapia Infantil


O apoio e a participação dos pais são essenciais na terapia infantil.


Terapeutas frequentemente trabalham em conjunto com os pais para assegurar que as estratégias e técnicas empregadas durante as sessões estejam alinhadas com os métodos adotados em casa.


A Integração com Outras Formas de Terapia


Dependendo das necessidades da criança, a terapia infantil pode ser complementada com outras formas de terapia, como terapia ocupacional, fonoaudiologia ou fisioterapia, otimizando os resultados e proporcionando um atendimento completo.


Métodos e Técnicas Utilizados na Terapia Infantil


A terapia infantil é diversificada em termos das técnicas utilizadas, moldadas especificamente para ressoar com as crianças. Conheça algumas abordagens utilizadas:


  • Terapia Lúdica


Por meio de brinquedos, jogos e atividades criativas, a terapia lúdica permite que as crianças expressem seus sentimentos e emoções, proporcionando ao terapeuta uma visão do mundo interior da criança.


  • Terapia Cognitivo-Comportamental


Essa estratégia auxilia as crianças a reconhecer e transformar perspectivas pessimistas, fortalecendo suas capacidades para compreender e gerenciar suas emoções.


  • Terapia de Grupo


Dentro de um espaço protegido, as crianças trocam vivências e se inspiram mutuamente, desenvolvendo sua sociabilidade e elevando a confiança em si mesmas.


Terapia Infantil e Animais: A Iniciativa Dr. Alecrim no Oncológico Infantil


Alecrim, que leva terapia assistida por animais para pacientes do Oncológico Infantil, é uma iniciativa que tem como objetivo levar alegria e bem-estar para as crianças que estão em tratamento, por meio da interação com cães terapeutas.


Uma matéria da Agência Pará destaca como a presença de animais pode contribuir para a humanização do tratamento e para a melhoria da qualidade de vida de pacientes, familiares e profissionais da unidade hospitalar.


A terapia assistida por animais é uma prática que tem se mostrado eficaz em diversos contextos, como hospitais, asilos e escolas.


A interação com os animais pode ajudar a reduzir o estresse, a ansiedade e a depressão, além de promover a socialização e a melhoria da autoestima.


O projeto Dr. Alecrim é uma iniciativa que merece destaque, pois mostra como a terapia assistida por animais pode ser uma ferramenta importante para a promoção da saúde e do bem-estar das crianças no tratamento.


É importante que outras instituições de saúde e de assistência social se inspirem nesse exemplo e adotem práticas que promovam a humanização do atendimento e a melhoria da qualidade de vida das pessoas.


Benefícios a Longo Prazo da Terapia Infantil


Investir no bem-estar emocional de uma criança traz benefícios que vão além da infância.


  • Resiliência Emocional


As crianças aprendem a enfrentar adversidades e a desenvolver resistência emocional que as beneficia ao longo da vida.


  • Aprimoramento na Comunicação


A terapia proporciona um espaço onde as crianças aprendem a verbalizar seus sentimentos e a compreender a origem de suas emoções.

Isso as capacita a transmitir suas necessidades e sentimentos de forma mais clara e construtiva.

  • Autoconhecimento


Ao entender seus sentimentos e comportamentos, as crianças desenvolvem forte senso de identidade e autoestima.


Conclusão:


Optar pela terapia infantil é, sem dúvida, um investimento na saúde emocional e no futuro de uma criança.


Ao identificar e abordar preocupações em seus estágios iniciais, asseguramos que nossos pequenos tenham todas as ferramentas necessárias para prosperar emocional, social e academicamente.


Em um mundo cada vez mais complexo, a terapia infantil oferece a orientação necessária para que as crianças cresçam seguras e adaptáveis.


Enfim, se você deseja investir no bem-estar emocional de seu filho, agende uma consulta conosco.







13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page