top of page
  • Foto do escritorRochelle Affonso Marquetto

Conheça a síndrome do pensamento acelerado


sindrome do pensamento acelerado

Acordar várias vezes durante a noite, manter a mente inquieta, viver no modo ligado e frenético, isso te parece familiar?


Descrita pelo psiquiatra Augusto Cury, a síndrome do pensamento acelerado (SPA) é uma condição cada vez mais comum em nossa sociedade. Segundo Cury, o problema tem origem no excesso de estímulos a que somos expostos diariamente, principalmente por meio das mídias digitais.


Estar constantemente conectado, consumindo informações em tempo real e sendo bombardeado por notícias, imagens e opiniões, pode te levar a uma sobrecarga mental que afetará sua capacidade de concentração, memória e sono.


Mas será que existe saída para esse ciclo vicioso? Descubra neste artigo como encontrar o equilíbrio em um mundo cada vez mais digital e acelerado.



O que é a Síndrome do Pensamento Acelerado e quais são seus sintomas


Diferentemente do que muitos pensam, a síndrome do pensamento acelerado não é uma nova patologia, mas uma resposta do corpo à quantidade de dados e estímulos que enfrentamos diariamente.


Passamos horas na internet, redes socias e outras mídias digitais, o que afeta a nossa capacidade de desligar e relaxar e compromete nossa saúde cognitiva de forma ampla.

A SPA gera uma “obesidade mental”, ou seja, um excesso de informações que torna difícil organizar e processar tudo o que recebemos.


De fato, uma máquina não pode funcionar sem parar em alta velocidade, isso vai superaquecer e danificar seus componentes.


Mas, surpreendente nós, seres humanos, simplesmente ignoramos que pensar excessivamente, sem nenhum controle, é fonte potencial de estresse.



As principais causas da Síndrome do Pensamento Acelerado:


Embora a SPA não seja uma patologia oficialmente reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), muitos profissionais da área da saúde mental têm observado um aumento na incidência de sintomas relacionados à ansiedade e estresse, que podem ser atribuídos ao problema.


Algumas das causas mais comuns são:

  • A exposição constante a diferentes fontes de informação, como televisão, internet, redes sociais, jornais e revistas, que sobrecarregam o cérebro com dados muitas vezes irrelevantes ou contraditórios.

  • A pressão por produtividade, competitividade e sucesso, que leva as pessoas a assumirem múltiplas tarefas e responsabilidades, sem tempo para relaxar ou se divertir.

  • A falta de hábitos saudáveis, como dormir bem, se alimentar adequadamente, praticar exercícios físicos e meditar, que ajudam a equilibrar o organismo e a mente.


Segundo reportagem do Jornal USP, nem todo pensamento acelerado é sinal de um problema psiquiátrico. O pensamento pode ficar mais rápido em situações normais da vida, como antes de uma prova ou de um evento importante.


Porém, há doenças subjacentes e pré instaladas que fazem o pensamento sair do controle, como o Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e o transtorno bipolar. Muitas vezes, são essas doenças que contribuem para a piora do quadro de SPA.



Como essa síndrome afeta a qualidade do sono e o descanso mental


A dificuldade em desacelerar o fluxo de pensamentos, pode causar um estado de ansiedade, estresse e cansaço mental.


É por isso que muitas pessoas enfrentam a má qualidade do sono e o descanso inadequado.


Essa condição faz com que o indivíduo tenha muita dificuldade em adormecer, pois ele não consegue relaxar a mente e se livrar das preocupações do dia a dia. Além disso, o sono costuma ser superficial e fragmentado, interrompido por pesadelos ou pensamentos negativos.


Toda essa dinâmica impede que o cérebro realize as funções essenciais de reparação e consolidação da memória durante o sono.


Como consequência, as pessoas tendem a acordar mais cansadas e irritadas do que quando foram dormir, comprometendo o seu bem-estar físico e emocional.


Uma forma de combater esse problema é praticar técnicas de relaxamento antes de ir para a cama, como meditação, respiração profunda ou uma leitura leve.


Para aprender mais sobre como aumentar a qualidade do sono, leia o nosso artigo: Como a psicoterapia pode melhorar seu sono?



Os efeitos da SPA no trabalho e na produtividade: como lidar com a sobrecarga mental


No ambiente de trabalho, a síndrome do pensamento acelerado pode comprometer o desempenho e a produtividade dos profissionais, além de aumentar os riscos de erros, conflitos e acidentes. A pressão por resultados, a competitividade e a falta de tempo para o lazer e o relaxamento, aumentam os riscos da condição.


Para prevenir e combater a síndrome do pensamento acelerado no trabalho, é importante adotar algumas medidas, como:

  • Organizar as tarefas e priorizar as mais importantes;

  • Estabelecer metas realistas e cumprir os prazos;

  • Fazer pausas regulares para descansar a mente e o corpo;

  • Praticar atividades físicas e hobbies que proporcionem prazer e bem-estar;

  • Buscar ajuda profissional quando necessário.



Como prevenir e tratar a síndrome do pensamento acelerado: estratégias para desacelerar e encontrar equilíbrio


Também é fundamental adotar estratégias para desacelerar o pensamento e encontrar um equilíbrio na vida digital. Algumas dessas estratégias são:

  • Fazer pausas regulares durante o dia, para respirar profundamente, alongar o corpo, meditar ou praticar alguma atividade relaxante.

  • Limitar o tempo de uso das redes sociais, dos aplicativos e dos dispositivos eletrônicos, evitando acessá-los logo ao acordar ou antes de dormir.

  • Priorizar as tarefas mais importantes e urgentes, delegando ou adiando as menos relevantes.

  • Cultivar hábitos saudáveis de alimentação, sono e exercício físico, que ajudam a regular o humor, a energia e o estresse.

  • Buscar ajuda profissional de um psicólogo ou psiquiatra, caso os sintomas sejam persistentes ou prejudiquem a rotina diária.


Além disso, é importante reconhecer e valorizar os momentos de lazer, descanso e convivência com as pessoas queridas. Esses momentos são essenciais para recarregar as energias e fortalecer os vínculos afetivos. Não se trata de fugir dos problemas ou das responsabilidades, mas de equilibrar o tempo dedicado ao trabalho e à vida pessoal.

Seguindo essas dicas, você terá uma mente mais tranquila, focada e criativa e manterá sua saúde física e mental mais equilibrada.



Conclusão


Embora a síndrome do pensamento acelerado pareça uma simples relação entre a quantidade e velocidade do processamento de informações, ela pode causar graves transtornos mentais a longo prazo.


Portanto, não subestime os efeitos desse problema, se você estiver com os sintomas descritos procure ajuda profissional.


Com tratamento e orientação corretos é possível retomar o bem estar e levar uma vida mais saudável e equilibrada.


Agende uma consulta conosco. Temos um corpo profissional altamente capacitado para te ajudar nessa questão.


19 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page