top of page
  • Foto do escritorRochelle Affonso Marquetto

Estresse Crônico: O que é e Quais as Consequências Comuns na sua Saúde



Você já sentiu que o estresse em sua vida nunca desaparece? Se sim, você pode estar enfrentando uma condição chamada estresse crônico


O estresse é uma resposta natural do corpo a situações complicadas. Quando confrontados com essas circunstâncias, nosso organismo libera hormônios como o cortisol e a adrenalina. 


Esses hormônios preparam o corpo para ação, aumentando a frequência cardíaca e a respiração, nos colocando em um estado de alerta ou excitação elevada.


Embora um certo nível de estresse seja positivo para concentração e resolução de problemas, o estresse crônico é debilitante e prejudicial para a saúde física e mental.

Descubra neste artigo o que é o estresse crônico, seus sintomas, causas e como você pode lidar com essa realidade avassaladora.


O Estresse Crônico e Seus Efeitos


O estresse crônico surge quando uma pessoa se encontra em um estado constante de alto alerta.


Muitos fatores podem desencadear esse tipo de estresse, incluindo trabalhos sob pressão, dificuldades financeiras e relacionamentos conturbados.


Os sintomas variam de pessoa para pessoa, mas podem incluir: 

  • Ansiedade;

  • Insônia;

  • Dores musculares;

  • Hipertensão; 

  • Irritabilidade extrema;

  • Fadiga;

  • Dores de Cabeça;

  • Dificuldade de concentração;

  • Problemas digestivos;

  • Mudanças no apetite;

  • Sensação de impotência;

  • Baixa autoestima; e 

  • Enfraquecimento do sistema imunológico.

Pesquisas também revelam que o estresse crônico está associado ao desenvolvimento de doenças graves, como doenças cardíacas, depressão e obesidade.


As consequências são amplas, mas muitas pessoas que enfrentam esse estresse prolongado não fazem as mudanças necessárias em seu estilo de vida para prevenir problemas de saúde.


Exemplos de Estresse ao Longo da Vida


Um estudo feito pela Associação Internacional de Gerenciamento de Estresse Brasil (Isma-BR) observou que 70% da população ativa do Brasil já apresentou ou possui sintomas de estresse.


É importante lembrar que o estresse não é um fenômeno exclusivo da idade adulta. 

Experiências traumáticas na infância também podem levar ao desenvolvimento de estresse crônico que persiste na fase adulta. 


Alguns eventos e traumas podem incluir doença mental na família, abuso emocional, físico ou sexual, uso de substâncias na família, divórcio dos pais, sem-teto e encarceramento de familiares próximos.


Na idade adulta, o estresse crônico pode surgir devido a problemas no local de trabalho, desemprego, lesões que afetam a vida diária, preocupações com problemas no país ou no mundo e muitos outros fatores.


Aprenda a Gerenciar o Estresse Crônico


Existem estratégias que podem nos ajudar a reduzir os níveis de estresse e melhorar o bem-estar, como:


  • Compreender os sinais e sintomas do estresse para identificá-los e enfrentá-los mais eficazmente.

  • Conversar com amigos e familiares em busca de apoio emocional e motivação.

  • Identificar gatilhos específicos de estresse para desenvolver estratégias de enfrentamento.

  • Praticar regularmente atividades físicas, como caminhadas, corridas ou exercícios.

  • Experimentar a atenção plena e técnicas de relaxamento.

  • Melhorar a qualidade do sono com hábitos regulares e relaxantes antes de dormir.


Se as estratégias de autoajuda não forem satisfatórias, é essencial procurar um profissional de saúde. 


Eles podem recomendar terapia psicológica, como a terapia cognitivo-comportamental (TCC), que ajuda as pessoas a modificar seus comportamentos, pensamentos e sentimentos em relação ao estresse.


Em alguns casos, medicamentos, como antidepressivos ou sedativos, podem ser prescritos para tratar sintomas específicos do estresse crônico.


Mudando o Estilo de Vida para Enfrentar o Estresse Crônico


Mudar o estilo de vida pode parecer uma tarefa complicada, principalmente quando se trata de combater o estresse crônico. 


No entanto, é super possível controlar esse problema e melhorar sua qualidade de vida. 

Aqui estão algumas maneiras de lidar com o estresse crônico:


1. Estabeleça Limites


Identifique as tarefas e compromissos que te sobrecarregam. Priorize as responsabilidades essenciais e reduza o que não é absolutamente necessário. No trabalho, converse com seu supervisor sobre suas prioridades e como conduzir os projetos. 


Quanto aos compromissos sociais, comunique-se com as pessoas envolvidas e peça ajuda, se necessário. Evite assumir mais compromissos até que seu estresse esteja sob controle.


2. Busque Apoio


Converse com amigos ou familiares em quem confia e que têm relacionamentos próximos com você. Eles podem fornecer apoio e orientação com base em suas próprias experiências. 


Não lute contra o estresse sozinho; o apoio de entes queridos pode te ajudar a cuidar melhor de si mesmo.


3. Cuide da Sua Saúde


Fortaleça sua saúde para passar pelos problemas com mais energia e resistência. Pequenas mudanças, como reduzir o consumo de cafeína e fazer atividade física também costumam ajudar na liberação de endorfinas e redução dos hormônios do estresse.


4. Melhore a Qualidade do Sono


Pessoas com estresse crônico constantemente sofrem de insônia. Estabeleça horários regulares de sono, evite distrações no quarto e pratique atividades relaxantes antes de dormir para melhorar a qualidade do sono.


5. Mantenha uma Perspectiva Positiva


Tente ver as situações de forma mais positiva e encarar os problemas como oportunidades. Defina expectativas realistas e reformule sua abordagem diante do estresse.


Às vezes, encarar os desafios com menos perfeccionismo pode tornar a vida mais agradável.


6. Procure Ajuda Profissional


Se você continua se sentindo sobrecarregado e incapaz de realizar suas atividades diárias, considere buscar a ajuda de um profissional de saúde mental licenciado, como o psiquiatra ou psicólogo. 


Eles são treinados para te ajudar a superar esse problema por meio de terapias e outras técnicas próprias que promovem mudanças comportamentais e melhoram sua saúde geral.


Conclusão


O estresse crônico não é normal! Um pouco de estresse até faz parte da vida, mas quando dura e se torna crônico, pode causar uma série de sintomas e atrapalhar muito na saúde física e mental. 


Com o apoio adequado e a adoção de medidas para melhorar seu estilo de vida, você pode recuperar o controle de sua saúde física e mental.


Você deve reconhecer o que te estressa e buscar formas de lidar com esses gatilhos. Sempre peça ajuda de amigos e familiares e busque praticar meditação e relaxamento.


Se essas técnicas não ajudarem ou se o estresse ficar muito intenso, é importante procurar um profissional de saúde.


Agende uma consulta hoje mesmo com a Pontual Psiquiatria e tenha estilo de vida mais saudável e equilibrado. Sua saúde mental e física merecem o melhor cuidado.


125 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page