top of page
  • Foto do escritorRochelle Affonso Marquetto

Como Ser Produtivo Mantendo a Saúde Mental: Dicas de Organização


como ser produtivo

"Como ser produtivo" é uma pergunta frequente na era moderna. De fato, a boa organização e a produtividade podem ser essenciais para evitar problemas como o burnout e a ansiedade.


Neste artigo, traremos algumas dicas práticas para te ajudar a alcançar seus objetivos, mantendo sua saúde mental em equilíbrio.


Coloque Tudo no Papel e Defina Suas Prioridades


Sabe aquela sensação de ter um milhão de coisas para fazer e não saber por onde começar? Pois é, todos nós já estivemos lá. Mas aqui vai um segredinho: antes de mergulhar de cabeça em qualquer tarefa, dê um passo atrás e pense no que realmente importa.


Anote todas as suas tarefas (sim, todas!) e dê a elas uma ordem de importância. Fazendo isso, você não só consegue um norte para o seu dia, mas também evita aquela sensação chata de estar se afogando em afazeres.


Agora que você já anotou tudo, dê uma olhada nessa lista. Parece menos assustadora, não? Quando tiramos as tarefas da nossa mente e as colocamos no papel (ou em um app, se você for mais digital), algo mágico acontece. De repente, aquela montanha de coisas para fazer começa a parecer mais uma série de colinas.


E sabe o que é ainda melhor? Ao priorizar, você percebe que nem tudo precisa ser feito no AGORA. Algumas coisas podem esperar um pouquinho. Então, respire fundo, foque nas tarefas mais urgentes e lembre-se: um passo de cada vez. Você vai ver como, ao final do dia, aquela lista vai diminuir e sua sensação de realização vai lá para cima!


Use a Técnica Pomodoro


Você já ouviu falar da Técnica Pomodoro? Funciona assim: você se dedica com todo o seu foco a uma tarefa por 25 minutinhos e, depois, tira 5 minutinhos só para você. Essa pausa é o momento perfeito para esticar as pernas, tomar um gole d'água ou simplesmente fechar os olhos e respirar.


Além de ajudar a manter sua concentração afiada, esses pequenos intervalos são como mini-férias para o seu cérebro, evitando o desgaste mental. A beleza da técnica não está apenas em sua simplicidade, mas também em como ela respeita o ritmo natural do nosso cérebro. Vamos ser sinceros: ninguém consegue manter a concentração a 100% durante horas a fio, certo? E tentar fazer isso pode ser exaustivo e prejudicial para nossa saúde mental.


Essas pausas curtas, por mais breves que sejam, têm um impacto poderoso. Elas reduzem o estresse, previnem a sensação de burnout e nos dão momentos importantes de introspecção e autocuidado.


Então, da próxima vez que sentir que está prestes a se perder em meio a tantas tarefas, lembre-se do Pomodoro e dê à sua mente o descanso que ela merece!


A Armadilha da Multitarefa: Menos Pode Ser Mais


Por mais tentador que seja tentar fazer tudo de uma vez, a verdade é que nosso cérebro não é tão fã assim desse malabarismo todo. Pode até parecer que você está arrasando ao responder e-mails enquanto assiste a uma reunião e toma café, mas, na realidade, isso pode estar te deixando menos eficiente.


O segredo? Foco, foco e mais foco! Dedique-se a uma coisa de cada vez e dê a ela toda a sua energia e atenção. Você vai se surpreender com a diferença que isso faz na sua produtividade e, de quebra, na sua paz de espírito.

A ciência tem algo a dizer sobre a multitarefa, e não é exatamente um elogio. Um estudo publicado na revista científica “Proceedings of the National Academy of Sciences” mostrou que a multitarefa pode prejudicar a memória e a capacidade de aprendizado.


Ao tentarmos fazer várias coisas ao mesmo tempo, nosso cérebro precisa constantemente alternar entre tarefas, o que consome uma quantidade alta de energia e recursos cognitivos.


Esse processo, conhecido como "custo de troca de tarefa", pode levar a erros, diminuir a qualidade do trabalho e até mesmo afetar nossa memória a curto prazo. Portanto, ao focar em uma tarefa de cada vez, não estamos apenas melhorando nossa eficiência, mas também protegendo nossa saúde mental e bem-estar


Estabeleça Rotinas Diárias: Encontre seu Norte no Dia a Dia


Ter uma rotina pode parecer um pouco chato à primeira vista, mas acredite, ela pode ser sua melhor amiga. Ao estabelecer pequenos rituais diários, você cria pontos de ancoragem que trazem previsibilidade e conforto ao seu dia.


Isso é como um abraço quentinho para sua mente, especialmente em momentos de turbulência ou quando a lista de tarefas parece interminável. Então, que tal começar amanhã com um pequeno ritual matinal? Pode ser uma caminhada, um momento de leitura ou até mesmo aquele café preparado com carinho.


Você vai ver como pequenos hábitos podem fazer uma grande diferença na sua saúde mental!


Como Ser Produtivo e Manter o Equilíbrio Mental


Se você está sempre buscando dicas sobre como ser produtivo, temos algo importante para compartilhar. Ser produtivo não é apenas sobre completar listas de tarefas, mas também sobre cuidar da sua mente. Sim, você leu certo!


A produtividade sustentável passa por garantir que sua mente esteja saudável e equilibrada. Então, antes de mergulhar em mais uma tarefa, que tal reservar um momento para si mesmo? Pode ser se perdendo em um bom livro, praticando meditação ou apenas apreciando o silêncio.


Ser produtivo pode um aliado contra transtornos mentais


Quando falamos em "como ser produtivo", muitas vezes pensamos apenas em listas de tarefas, prazos e eficiência. No entanto, a produtividade, quando trabalhada de maneira equilibrada, se torna importante no combate a diversos transtornos mentais.


  • Ansiedade: A sensação de estar sobrecarregado e sem controle é um gatilho comum para a ansiedade. Ao aprender a gerenciar e organizar suas tarefas, você reduz a incerteza e o medo do desconhecido, o que traz a sensação de controle e realização.

  • Burnout: Este é um estado de exaustão física e mental, muitas vezes causado por períodos prolongados de estresse no trabalho. Ao estabelecer limites claros entre o tempo de trabalho e o tempo de descanso e ao aprender a priorizar tarefas, você pode evitar o esgotamento e manter um equilíbrio saudável.

  • Depressão: Manter uma rotina diária e alcançar pequenas metas pode ser benéfico para pessoas com depressão. A sensação de realização, mesmo que pequena, serve como impulso para a autoestima e o bem-estar.

  • Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH): Estratégias de produtividade, como a técnica Pomodoro ou a criação de listas de tarefas, podem ajudar pessoas com TDAH a manter o foco e a concluir tarefas.

  • Estresse: Ao gerenciar efetivamente sua carga de trabalho e reservar tempo para autocuidado, você reduz os níveis de estresse. Geralmente, o estresse crônico leva a uma série de problemas de saúde e transtornos mentais.


Em resumo, aprender como ser produtivo não é apenas sobre ter eficiência no trabalho, mas principalmente sobre cuidar da sua saúde mental.


Ao adotar práticas de produtividade equilibradas, você pode criar um ambiente que apoia seu bem-estar mental e te ajuda a enfrentar e prevenir transtornos.

Agora que chegamos ao final do artigo, aproveite e siga a Pontual Psiquiatria nas redes sociais para não perder nenhum de nossos conteúdos.

14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page