top of page
  • Foto do escritorRochelle Affonso Marquetto

Terapia online: A revolução na saúde mental



mulher fazendo terapia online em casa


Atualmente, registra-se um aumento na demanda por serviços de saúde mental online, por ser uma alternativa acessível e viável a muitas pessoas.


Além disso, a terapia online permite maior flexibilidade de horários e a possibilidade de atendimento em qualquer lugar do mundo, tornando-se uma verdadeira revolução em termos de saúde mental.


Neste artigo, você terá a chance de se aprofundar sobre o assunto e descobrir tudo que precisa saber para se beneficiar dessa modalidade.



O que é terapia online e como ela funciona


De modo simples, a terapia online, também conhecida como terapia virtual, é uma forma de atendimento psicológico realizada por meio da internet.


Essa técnica se tornou cada vez mais popular nos últimos anos, especialmente durante a pandemia de COVID-19, que levou muitas pessoas a procurar ajuda psicológica para lidar com problemas de estresse, ansiedade, depressão e outras questões de saúde mental.


Mas afinal, como funciona a terapia online? Quais são as principais vantagens dessa abordagem terapêutica? Essa modalidade é realmente eficaz? Como é garantida a privacidade e segurança durante as sessões? Veja a seguir.



Como funciona a terapia online?


A terapia online pode ser realizada de várias maneiras diferentes, dependendo das preferências do paciente e do terapeuta. Algumas das formas mais comuns de terapia online incluem:


  • Videoconferência: O paciente e o terapeuta se conectam por meio de uma plataforma de videoconferência, como o Zoom, o Skype ou o Google Meet. Durante a sessão, eles podem conversar em tempo real, como em uma sessão presencial.

  • Chat: O paciente e o terapeuta se comunicam por meio de um chat online, em que podem trocar mensagens escritas em tempo real. Essa abordagem pode ser útil para pacientes que não se sentem à vontade com videoconferência ou para aqueles que preferem uma abordagem mais discreta.

  • E-mail: O paciente envia um e-mail ao terapeuta, que responde posteriormente. Essa abordagem é menos imediata do que a videoconferência ou o chat, mas pode ser útil para pacientes que preferem se comunicar de forma mais assíncrona.

  • Telefone: O paciente e o terapeuta se conectam por meio de uma ligação telefônica. Essa abordagem pode ser útil para pacientes que não têm acesso a uma conexão de internet confiável ou que preferem uma abordagem mais simples.


Independentemente da forma escolhida, a terapia online geralmente segue os mesmos princípios básicos da terapia presencial. O terapeuta e o paciente trabalham juntos para identificar os problemas de saúde mental que o paciente está enfrentando e desenvolver estratégias para lidar com eles. A terapia online pode ser útil para tratar uma ampla variedade de condições, incluindo ansiedade, depressão, transtornos alimentares, traumas e vícios.



Quais são as principais vantagens dessa abordagem terapêutica?


Como visto, a terapia online utiliza tecnologias de comunicação para conectar terapeutas e pacientes em tempo real, sem que eles precisem se encontrar pessoalmente.


Uma das principais vantagens é a acessibilidade. Muitas pessoas que sofrem de problemas de saúde mental têm dificuldade em acessar os serviços tradicionais de saúde mental, seja porque vivem em áreas remotas, têm dificuldades de mobilidade ou simplesmente porque não podem se deslocar a um consultório devido à sua agenda ocupada. Com a terapia online, os pacientes podem acessar o tratamento de qualquer lugar, desde que tenham uma conexão à internet.


Além disso, a flexibilidade é outra questão que conta bastante na escolha dessa técnica. Isso, pois, os pacientes podem agendar sessões de terapia em horários que sejam convenientes para eles, incluindo noites e até finais de semana.


É bom lembrar que a terapia online pode ser usada como uma forma de tratamento independente ou como um complemento para outros tratamentos, como medicamentos ou terapia presencial.


Com a crescente aceitação dos pacientes e profissionais de saúde mental, é provável que essa abordagem continue a desempenhar um papel cada vez mais importante no setor de saúde mental.



A terapia online é realmente eficaz?


Com o avanço da tecnologia e o aumento da conectividade, a terapia online se tornou uma alternativa viável à terapia presencial. Mas será que essa opção é realmente eficaz?

A resposta curta é sim. Estudos mostram que a terapia online é tão eficaz quanto a terapia presencial em muitos casos. Por exemplo, um estudo feito por pesquisadores canadenses descobriu que a terapia online é tão eficaz quanto a terapia presencial no tratamento da depressão.


Além disso, muitos profissionais de saúde mental relatam que a terapia online permite que eles atendam pacientes que, de outra forma, não teriam acesso aos cuidados de saúde mental.


Outro aspecto importante a se considerar é a eficácia da terapia online em diferentes culturas e populações. Nesse ponto, a abordagem pode ser particularmente útil para grupos marginalizados, como pessoas que enfrentam discriminação étnica ou racial, LGBTQ+, pessoas com ansiedade ou fobia social e deficiência. Tais grupos costumam enfrentar barreiras adicionais para acessar a terapia presencial, de modo que a terapia online pode oferecer uma solução mais confortável e acessível.


Como é garantida a privacidade e segurança durante as sessões?



Quando falamos em sessões online, a privacidade e a segurança são extremamente importantes. Afinal, ninguém quer que informações pessoais sejam expostas a terceiros ou que hackers invadam sua rede e acessem dados confidenciais. Mas como garantir que as sessões sejam protegidas contra esses riscos?


É importante que as sessões sejam realizadas em plataformas seguras e confiáveis. Existem diversas opções no mercado, como Zoom, Skype, Google Meet, entre outras. Essas plataformas geralmente possuem recursos de segurança e privacidade, como salas com senhas e recursos de criptografia.


Além disso, é necessário garantir que as sessões sejam realizadas em ambiente seguro. Isso significa que a rede utilizada deve estar protegida por firewalls e softwares antivírus atualizados. Os firewalls atuam como uma barreira de proteção entre a rede interna e a internet, bloqueando acessos não autorizados. Já os softwares antivírus detectam e eliminam ameaças como vírus, malware e spywares, por exemplo.



Como escolher um terapeuta online confiável e qualificado.


Em primeiro lugar, faça pesquisas para garantir que está recebendo o melhor atendimento possível. Para isso, verifique a formação acadêmica e as credenciais do terapeuta, bem como sua experiência profissional na área.


Certifique-se de que o terapeuta esteja licenciado para praticar a terapia em sua área geográfica e verifique se ele segue as diretrizes éticas e profissionais estabelecidas pelas organizações de psiquiatria e psicologia.


Pesquise sobre as abordagens de tratamento oferecidas para entender qual melhor se adequa às suas necessidades e verifique se o terapeuta é especializado nessa abordagem.


Por fim, verifique as avaliações e comentários de outros pacientes que já tiveram experiência com o terapeuta. Isso pode fornecer informações valiosas sobre a qualidade do atendimento e a eficácia do tratamento.


Na Pontual contamos com especialistas capacitados na área de psiquiatria e psicologia que já oferecem atendimento online e podem te ajudar no processo de escolha e acompanhamento do tratamento.


Não hesite em entrar em contato conosco para obter mais informações e agendar uma consulta.


548 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page