top of page
  • Foto do escritorRochelle Affonso Marquetto

Autocuidado Mental: O que é e Como Praticar


capa autocuidado mental

Quer saber mais sobre autocuidado mental? Está no lugar certo! A mente humana é um universo repleto de oportunidades infinitas, o berço de nossos sonhos e inovações. Quando não cuidamos desse tesouro, podemos nos encontrar em um redemoinho de pensamentos sombrios, tensões e cansaço mental.


Ações como ler, praticar a atenção plena e meditar são algumas das maneiras de proporcionar um porto seguro para sua mente, um intervalo na agitação do cotidiano.


De acordo com pesquisa realizada pela empresa Ipsos em 34 países, incluindo o Brasil, a preocupação dos brasileiros com a saúde mental quase triplicou em 4 anos.


O levantamento revela que 49% das pessoas apresentam alguma inquietude com doenças como ansiedade e depressão, uma das maiores taxas do mundo.


Nesse cenário, lembramos que o autocuidado mental é um dos pilares de uma mente sadia e livre de transtornos mentais. Agora, vamos te mostrar o que é e como você pode incluir a prática na sua rotina.


Cultivando a Mente: Autocuidado Mental


O foco do autocuidado mental está em cultivar um estado de espírito equilibrado e saudável. Isso engloba administrar tensões do dia a dia, exercitar a atenção plena e cuidar do seu desenvolvimento pessoal.


Conforme pesquisa conduzida pelo IBOPE em 2020, a pedido da organização global de saúde Bayer, aproximadamente 84% dos brasileiros procuram manter uma rotina de autocuidado. Desse número, apenas um terço consegue efetivamente adotá-la.


Assim, é preciso alertar que sua saúde mental é tão importante quanto sua saúde física, estando profundamente conectadas. Ao dar prioridade ao autocuidado mental, você se fortalece para enfrentar as situações da vida, sejam elas difíceis ou gratificantes.


5 motivos para praticar o Autocuidado Mental


Certo, até aqui você já deve ter percebido que autocuidado mental é algo que requer atenção. Mas, talvez queira ir além e entender o porquê ele é tão importante e deve ser praticado.


  1. Se livre do Estresse: Manter uma rotina de autocuidado vai te deixar bem longe do estresse. Ao se dedicar a atividades relaxantes que revigoram, você estará mais preparado para encarar obstáculos do dia a dia.

  2. Uma mente Saudável faz um Corpo Feliz: Colocar o autocuidado mental em prática pode se traduzir em uma saúde de ferro, mais energia no cotidiano e menor risco de enfermidades crônicas.

  3. Mente Clara, Vida Leve: O autocuidado mental ajuda na concentração e aprimoramento das funções cognitivas. Além disso, a prática é recomendada por psicólogos e terapeutas nos casos de ansiedade e depressão.

  4. Relacionamentos Floridos: Ao cuidar da sua mente, você amplia seu poder de cuidar dos outros, principalmente daqueles a quem ama. Manter uma rotina saudável de autocuidado é o ingrediente secreto para construir relacionamentos sólidos e harmoniosos.

  5. Autoestima nas Nuvens: Quem cuida da saúde mental impulsiona a autoestima e confiança. Portanto, em um lugar visível, coloque um lembrete diário de que você é digno de amor e cuidado.


Comece a praticar: Dicas para Incluir o Autocuidado Mental na sua Rotina


O autocuidado mental é um verdadeiro passaporte para alcançar a liberdade. Ele vai muito além de simples mimos ou momentos de lazer.

A prática é prioridade para quem quer segurar as rédeas da própria vida, dando um até logo para pressões e expectativas que a sociedade insiste em colocar em nossos ombros.


Você não precisa de fórmulas mirabolantes, veja abaixo como é possível praticar o autocuidado mental de forma simples:


  • Meditação Matinal:

Comece o dia com alguns minutos de meditação. Isso acalma a mente, define intenções para o dia e ajuda a cultivar a gratidão.


  • Diário da Gratidão:

Anote diariamente três coisas pelas quais você é grato. Esse simples ato pode transformar sua perspectiva e acalmar seu espírito!


  • Desconecte para Reconectar:

Dê um tempo nas redes sociais. Use esse tempo para conectar-se consigo mesmo, com a natureza, um bom livro ou com pessoas queridas.


  • Exercícios Físicos Regulares:

Movimente-se! O exercício físico libera endorfinas, os hormônios da felicidade, e contribui para uma mente saudável.


  • Alimentação Equilibrada:

Uma alimentação rica em frutas, vegetais e grãos integrais nutre não apenas o corpo, mas também a mente.


  • Sono de Qualidade:

A boa noite de sono é fundamental para recarregar as energias e manter a mente alerta e focada. Prepare o ambiente, tome um banho relaxante e desfrute desse momento tão importante.


  • Aprenda Algo Novo:

Estimule sua mente! Aprender algo novo a mantém ativa e contribui para o seu desenvolvimento pessoal. Pode ser tocar um instrumento, aprender a pintar, fazer um curso ou qualquer outra coisa que desperte seu interesse.


Autocuidado Mental e as Diferentes Linhas de Terapia


As linhas de terapia, como a cognitivo-comportamental, a psicanálise, e a terapia humanista, são técnicas utilizadas no tratamento da saúde mental. O mais interessante é que elas podem ser integradas ao autocuidado mental.


Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC):


  • Foco: A TCC se concentra em identificar e modificar pensamentos e comportamentos negativos.

  • Autocuidado: Integrar técnicas da TCC no autocuidado pode ajudar a gerenciar o estresse, ansiedade e depressão, através da reestruturação cognitiva e da resolução de problemas.

Psicanálise:

  • Foco: A psicanálise trabalha o inconsciente, buscando compreender como experiências passadas influenciam o presente.

  • Autocuidado: A reflexão e a autoanálise são essenciais, permitindo a identificação e resolução de conflitos internos.

Terapia Humanista:

  • Foco: Esta metodologia valoriza a experiência humana e incentiva o autoconhecimento.

  • Autocuidado: Práticas como a empatia consigo mesmo e a aceitação são fundamentais para o desenvolvimento pessoal.

Mindfulness:

  • Foco: Mindfulness foca na atenção plena ao momento presente, aceitando pensamentos e sentimentos sem julgamento.

  • Autocuidado: A prática regular de mindfulness ajuda a reduzir o estresse, melhora a concentração e traz paz interior.


Terapia Sistêmica:

  • Foco: Considera os indivíduos como parte de um sistema, trabalhando as dinâmicas familiares e sociais.

  • Autocuidado: Entender e refletir sobre os próprios papéis e relações pode levar a uma maior harmonia e bem-estar.


Terapia Gestalt:

  • Foco: Dá ênfase à consciência do momento presente e à responsabilidade pessoal.

  • Autocuidado: A tomada de consciência e a expressão autêntica de sentimentos são resultados da prática.


Pratique o Autocuidado Mental com a Pontual Psiquiatria


A Pontual Psiquiatria é um ambiente de suporte para quem busca práticas efetivas de autocuidado mental.


Nossa plataforma oferece acesso a profissionais qualificados em psiquiatria, permitindo que pacientes encontrem especialistas aptos a auxiliar na gestão de diversas questões mentais e emocionais.


De forma descomplicada e adaptável a rotinas agitadas, a Pontual Psiquiatria possibilita que os usuários se conectem com psiquiatras especializados, independentemente da localização geográfica.


A flexibilidade da terapia online é benéfica para quem reside em locais com acesso limitado a serviços de saúde mental ou para aqueles que enfrentam desafios de mobilidade.


A plataforma assegura um ambiente virtual seguro para consultas e garante que todas as informações compartilhadas entre paciente e psiquiatra permaneçam confidenciais.


Conclusão


Chegamos ao final do nosso artigo sobre autocuidado mental. Esperamos que tenha aproveitado o conteúdo para colocar nossas dicas em prática.


E se você quer saber mais sobre como a terapia pode te ajudar a manter o autocuidado mental em dia, agende uma consulta com a Pontual Psiquiatria.




8 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page